Atraia os melhores devs (parte 4 de 7): A receita do 10-6-1

Já percebeu que os candidatos estão com habilidades técnicas cada vez mais semelhantes? Esse é o reflexo de um mercado exigente que pede aprimoramento constante dos profissionais deixando eles muito iguais. O desafio do headhunter e recrutador de encontrar desenvolvedores que passem aquele “gostinho” a mais pela oportunidade, passa a ser mais difícil. Porém, nessa receita é preciso cozinhar com fogo baixo, acrescentando mais tempero.

[Acesse a quinta parte da série Atraia os melhores devs: Detalhe, detalhe, detalhe! ou a terceira Como saber quem está afim?]

A Contratado analisou sua plataforma de recrutamento e reparou: as empresas que conseguiram atrair os melhores devs, foram aquelas que convidaram uma média de 9 candidatos por vaga para tomarem um cafezinho, durante 1 mês. 10, pra arredondar.

Ter boas chances de ser assertivo com poucas tentativas pode acontecer, mas nessa “cozinha” as possibilidades de acertar o sabor são resultados de pura probabilidade. Não acertar na primeira entrevista não significa necessariamente que os gostos não bateram, significa que você selecionou pouco.

Conversar com mais candidatos permite que as probabilidades estejam ao seu lado. Para isso, entender como funcionam os hábitos de ambos os lados é importante.

 

– 43% dos candidatos não respondem ou recusam o convite.

– 20% dos convites para entrevistas não chegam a ser agendados.

– 14% das empresas fazem uma proposta final.

 

Ou seja, fazendo 10 convites, você vai ter 6 entrevistas e 1 contratação. Siga a regra do 10-6-1 que não tem erro.

Nessa receita de probabilidades poucos ingredientes não alimentam as suas reais necessidades, é preciso mais. E, a sugestão da casa é aproveitar para, ao longo do processo, adquirir mais clareza sobre o que você realmente busca para a vaga. Para ter o melhor cardápio de devs, acesse a Contratado.

E aí, gostou?

Então, confira a parte 5 de nossas dicas de contratação. Caso tenha perdido aqui está a parte 3 de nossas dicas.